Budapeste em 3 dias: Roteiro e dicas de viagem

Hungarian Parliament

Budapeste foi a minha primeira paragem numa viagem de 7 dias por 3 capitais europeias: Budapeste, Bratislava e Viena. Apanhei o avião em Londres para Budapeste, depois fui de comboio até Bratislava e por fim de comboio até Viena. Apaixonei-me por Budapeste, posso já desvendar que das 3 cidades que visitei foi a que mais gostei! Acho que é uma cidade super desvalorizada na Europa e por isso espero que o meu roteiro de 3 dias em Budapeste te convença a visitar esta capital 🙂

Budapeste em 3 dias - Roteiro de Dicas de Viagem

Dia 1 – Castelo de Buda

Dia 2 – Parlamento Húngaro

Dia 3 – Mercado de Budapeste e Ponte das Correntes

Onde ficar hospedado em Budapeste

Eu marquei o meu alojamento pelo Airbnb e fiquei no Districto VII, Erzsébetváros. O estúdio era super central, perto de restaurantes e supermercados e ficava próximo da estação de metro “Blaha Lujza tér”. Se preferires marcar um hotel, podes sempre ver alojamento no booking.

Transportes em Budapeste

Comprei o passe para 3 dias e andei de metro e de autocarro, embora andasse muito a pé, acho que compensou. Os transportes funcionam bem e não te esqueças de validar sempre o teu bilhete.

Dinheiro em Budapeste

Eu usei o cartão revolut e funcionou sempre muito bem. Se não conheces, é um cartão recarregável que dá para usar no estrangeiro sem pagar taxas de câmbio ou de levantamento. Carregas o cartão com a tua moeda local e depois convertes para qualquer moeda estrangeira. Ou seja, consegues ter várias moedas diferentes num só cartão. Como não pagas taxas de levantamento nas ATM no estrangeiro, aconselho a levantar algum dinheiro porque há sítios que podem não aceitar multibanco como forma de pagamento.

Como ir do aeroporto até ao centro de Budapeste

Tens várias opções para chegar ao centro, eu usei o táxi e não tive problema nenhum.

  • Táxi – A única companhia autorizada pelo aeroporto chama-se Főtaxi e o preço ronda os 5700 Ft.
  • Comboio – Existe um comboio directo no Terminal 1 para o centro da cidade mas se o teu voo chegar no Terminal 2A ou 2B então tens de apanhar um autocarro para o Terminal 1 primeiro.
  • Autocarro – O Autocarro 200E faz a ligação dos terminais do aeroporto até à estação de metro Kőbánya-Kispest (linha M3) e demora cerca de 20 minutos.

Os famosos banhos termais em Budapeste

Cheguei por volta das 17 horas ao estúdio e pareceu-me boa idea aproveitar o resto da tarde nas famosas termas Széchenyi, onde paguei 4600 Ft por meio dia. Recomendo a 100%, foi uma óptima escolha para relaxar depois de um voo. Nas termas é possivel observar os húngaros a jogar xadrez dentro de água com os amigos, aparentemente é assim que eles gostam de passar o tempo livre!

  • Nota: Se comprares o Budapest Card, tens 10% de desconto
  • Estação de metro mais próxima: Széchenyi furdõ (Linha M1)

Dia 1

Podes começar o dia 1 no lado Peste da cidade. Se estás hospedado no lado Buda, atravessa a famosa Ponte das Correntes que é uma das pontes mais bonitas da cidade.

  • Estação de metro: Bajcsy-Zsilinszky út‎ (Linha M1)
Ponte das Correntes
Ponte das Correntes

Do outro lado da ponte, existe uma praça chamada “Clark Ádám tér” onde podes apanhar o funicular até ao Castelo de Buda. A viagem é rápida e tens uma vista fabulosa da cidade. Infelizmente quando eu fui o funicular estava fechado para obras por isso tive de apanhar o autocarro para subir até ao Castelo.
Alternativa: Apanhar o autocarro 16 que parte da praça “Deák Ferenc tér” ( metro com linhas M1, M2, M3) e que pára em frente ao Bastião dos Pescadores – a paragem de autocarro chama-se “Szentháromság tér”.

Bastião dos Pescadores, é um conjunto de 7 torres que simbolizam as 7 tribos que fundaram a Hungria. Daqui, consegues ver a parte Peste da cidade do outro lado do rio Danúbio. Também podes encontrar uma das igrejas mais conhecidas da cidade, a Igreja de São Mateus.

  • Preço: 700 Ft

Castelo de Buda. Há uma série de atrações e museus datados do século XVIII que podem ser visitados neste lugar.

  • Museu Nacional da Húngria
  • Museu de História Natural da Húngria
  • Labirinto do Castelo de Buda
  • Estátua da Liberdade (fica na Citadella, Gellért Hill é o ponto mais alto de Budapeste
Buda Castle
Castelo de Buda

Praça dos Heróis, a maior praça da cidade com um monumento de 36 metros de altura e várias estátuas de líderes e heróis húngaros. A praça fica no meio de 2 museus: Museu das Artes e Palácio das Artes. A praça localiza-se no início do parque da cidade, tem um grande lago e várias atracções como: Zoo, parque de diversões – Vidámpark, Castelo de Vajdahunyad/ Városliget e as termas Széchenyi.

  • Estação de metro:  Hősök tere ou Széchenyi fürdő (Linha M1)

Museu do Terror – Vale a pena a visita para perceber a história da Hungría, principalmente na era que foi ocupada pelos Nazis. Reflecti bastante dentro do museu e faz-te sentir triste pelo que aconteceu durante o período Nazi.

  • Estação de metro: Vorosmarty Utca (Linha M1)
  • Preço: 1800Ft

Dia 2

Praça Batthyány – A partir daqui tens a melhor vista sobre o parlamento. Óptimo local para tirar boas fotografias.

  • Paragem de metro mais próxima: Batthyány Square (Linha M2)
Hungarian Parliament
Parlamento Húngaro

Um dos parlamentos mais bonitos que já vi – espectacular!

Praça Kossuth – uma praça que fica em frente ao parlamento húngaro.

  • Paragem de metro mais próxima: Kossuth tér (Linha M2)

Parlamento Húngaro – Tens de visitar!!! O parlamento é lindíssimo, não só por fora como por dentro também. Para visitar por dentro é obrigatório ir com guia.

  • Preço: 2000 Ft para cidadãos europeus
  • A visita guiada está disponível em 7 línguas: Inglês, Alemão, Francês, Russo, Hebraico, Italiano e Espanhol. Aconselho a marcar com bastante antecedência se escolherem a visita em inglês, visto que é a mais popular.
  • Eu marquei os bilhetes enviando um email para o tourist office: tourist.office@parlament.hu
  • Consultem o site oficial Hungarian Parliament Website para mais informações.
Parliament Inside
Dentro do Parlamento

Praça Szabadság – fica a 10 minutos a pé do parlamento.

Palácio Gresham – Este palácio que agora é um Hotel Four Seasons, fica mesmo em frente à Basílica de São Estevão.

Basílica de São Estevão (Entrada Grátis) – A basílica está cheia de objectos de ouro e prata no interior. Podes subir até ao topo da Basílica para ver a vista sobre a cidade (96 metros de altura) por um preço de 500 Ft.

  • Paragem de metro mais próxima: Entre Arany János utca‎ (linha M3) e Bajcsy-Zsilinszky út‎ (Linha M1), ou 15 minutos a pé desde a praça Szabadság ou 20 minutos desde o Parlamento.
  • Horário: 9h às 17h
St. Stephen’s Basilica
Basílica de São Estevão

Casa da Ópera – Vale a pena uma visita ao interior, é considerada o maior centro cultural do país. Podes visitar o site oficial e marcar um concerto de ópera, se for o teu gosto musical.

  • Preço: 2900 Ft. 10% Desconto com Budapest Card

Andrássy útca – Uma das ruas mais famosas da cidade, liga a área central até ao Parque da Cidade. Esta avenida está cheia de lojas de luxo, restaurantes e hotéis.

Dia 3

Se estás à procura de um bom pequeno almoço e barato, recomendo o Gerlóczy Café. O pequeno almoço é servido até ao meio dia e podem escolher a la carte ou escolher um dos menus já pre-definidos.

Morada: Gerlóczy utca 1, Budapest 1052, perto da estação de metro “Astoria”.
Horário: 2f a 6f  das 7h até às 23h, Sábados e Domingo das 8h até às 23h

Perto do café encontra-se a Sinagoga, a maior da cidade. Nota que os homens tem de usar Kippah para entrar.

  • Paragem de metro mais próxima: Astoria (Linha M2)
  • Horário: Fecha ao sábado
  • Preço: 3000 Ft

O Museu Nacional Húngaro tem uma coleção de arte húngara incluíndo objectos, fotografias e documentos que contam a história do país.

  • Paragem de metro mais próxima: Kálvin tér (Linha M3)
  • Horário: Diariamente das 10h às 18h. Fechado à Segunda-Feira
  • Preço: 1600 Ft

O Mercado Central de Budapeste é o mercado mais importante da cidade cheio de cor proveniente das bancadas com frutas, legumes e peixe.

  • Dica: Tens de provar o prato típico que se chama “Lángos”, é uma espécie de massa frita com um molho agri-doce como base e depois adicionas mais ingredientes.
  • Dica 2: É aqui que encontras os souvernis ao melhor preço.
  • Horário: 2f: 6h às 17h; 3f, 4f, 5f e 6f: 6h às 18h; Sábado: 6h às 15h. Fechado ao Domingo.
Budapest Central Market
Mercado Central de Budapeste
Fruit - Budapest Central Market
Fruta no Mercado

Perto do mercado encontras outra ponte famosa chamada de Ponte da Liberdade e do outro lado do rio está o Hotel Gellért (famoso pelos banhos termais).

Ponte da Liberdade
Ponte da Liberdade

Perto do hotel existe uma pequena igreja (Igreja da Caverna) que está cravada nas pedras dentro da montanha. O preço para entrar na igreja é de 500 Ft. A partir daqui também se tira boas fotos da Ponte da Liberdade.

A próxima e última paragem é em Váci utca a rua das lojas mais famosa da cidade. Não te esqueças de visitar a praça Vörösmárty que fica mesmo ali ao lado.

  • Paragem de metro mais próxima: Ferenciek tere (Linha M3)‎ ou Vörösmarty tér (Linha M1)

Café Gerbeaud é uma das mais famosas e tradicionais salas de chá na Europa e com o calor que estava eu comi umas belas panquecas acompanhadas de uma bola de gelado.

  • Paragem de metro mais próxima: Vörösmarty tér (Linha M1)

View this post on Instagram

#Budapest #Hungary

A post shared by My Small World by Jo (@mysmallworldbyjo) on

 

Outro café imperdível e considerado o mais bonito do mundo é o New York Cafe, super luxuoso por dentro.

Quantos dias em Budapeste?

Eu fiquei 3 dias e meio em Budapeste mas podia ter ficado 4 dias inteiros por isso tenho sempre uma boa desculpa para voltar.

O que ficou por ver/fazer:

Como viajar de Budapeste para Bratislava de comboio:

Depois de visitar Budapeste, apanhei um comboio na estação Budapest-Keleti para Bratislava-Hlavná Stanica e a viagem durou cerca de 2 horas e 40 minutos.

Não podes comprar o bilhete online (isto em 2015) por isso na bilheteira pede um bilhete só de ida, eu não mencionei isso e a rapariga vendeu-me um bilhete de ida e volta…que só reparei mais tarde e por isso paguei pela volta que não usei!!

Não viajes sem seguro de viagem! Os leitores do My Small World by Jo têm 5% de desconto na compra de um seguro de viagem IATI.banner_estatico_1

 

Guarda este artigo no Pinterest para leres mais tarde:

Budapeste em 3 dias - Roteiro de Dicas de Viagem

Este artigo pode conter links de afiliados.

My Small World by Jo

Born and raised in Lisbon. Currently living in London. 22 countries and 3 continents visited.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: